Notícias

Os bons avisos do Portugal 2020 para o Presidente da AEP
A opinião de Luís Miguel Ribeiro no Dinheiro Vivo

O artigo de opinião do presidente da AEP no Dinheiro Vivo de 8 de fevereiro é dedicado à nova ronda de avisos do Portugal 2020, anunciados pelo Governo na Exponor, a 5 de fevereiro, que considera “muito importantes, não só pelo reforço de meios financeiros, mas também pelas finalidades do investimento a que se destinam e que convergem para alcançarmos um crescimento económico robusto”.

Reafirmando que “a nossa economia precisa de continuar a crescer mais e melhor”, Luís Miguel Ribeiro defende “um crescimento económico robusto, assente em aumentos de produtividade e de competitividade, que exige, necessariamente, um reforço do investimento, sobretudo empresarial privado, na inovação, na qualificação dos recursos humanos, no aumento da intensidade exportadora líquida (isto é, descontado o valor importado) e no aumento do valor acrescentado nacional. Um investimento dirigido à valorização da oferta nacional, dos recursos endógenos e das especificidades da base produtiva dos territórios, com impacto na sustentabilidade ambiental e na coesão”.

O presidente da AEP considera que este quadro “requer um conjunto de condições propícias ao seu desenvolvimento”. Neste contexto, releva o Portugal 2020 como “um importante instrumento no estímulo à realização de novo investimento empresarial, de cariz inovador e indutor de acréscimos de produtividade, competitividade e coesão”, acrescentando que “esta fonte de financiamento ganha maior relevância se atendermos às dificuldades sentidas pelas empresas no acesso ao sistema bancário, nas condições mais adequadas e que responda às suas reais necessidades”.

Veja aqui o artigo na íntegra

Área Reservada

Eventos

Ver Todos os Eventos >>

Torne-se associado

A AEP oferece aos seus Associados uma série de vantagens nos serviços que presta.

Associe-se à AEP!

Siga-nos no Linkedin