Notícias

Insolvências aumentam face a 2019
Em evidência na “Envolvente Empresarial - Análise da Conjuntura" do 1.º trimestre de 2021

O aumento das insolvências face a 2019 é evidenciado na publicação "Envolvente Empresarial - Análise de Conjuntura" relativa ao primeiro trimestre de 2021, que poderá consultar aqui.
 
No período em análise, a criação líquida de empresas reduziu-se -17,0% face a 2020 (a refletir uma descida dos nascimentos superior à dos encerramentos de empresas), mas a descida é de -37,5% face a 2019, destaca a publicação.  A comparação face a 2019 é mais adequada por remover um efeito de base associado ao primeiro confinamento em março de 2020, que influencia  a variação face a 2020.
 
Se o número de empresas com processos de insolvência caiu -1,9% face ao 1º trimestre de 2020, registou um aumento de 4,4% face ao 1º trimestre 2019, incluindo uma subida de 22,0% em março.  
 
Os setores do Alojamento e Restauração e Serviços gerais foram dos mais penalizados na evolução dos nascimentos e processos de insolvência. O Retalho é o setor que concentra a maior proporção dos encerramentos (14,3%) e dos processos de insolvência (18,1%), enquanto os Serviços Empresariais têm o maior peso nos nascimentos (15,8%). 
 
Dados do Eurostat relativos ao registo de novos negócios e insolvências mostram que Portugal teve uma das evoluções mais desfavoráveis na UE em 2020 (informação apenas até 3º trimestre).
 
Além deste, a AEP destaca outros aspetos relevantes, a nível nacional e internacional, que poderá ver aqui.
 
A Envolvente Empresarial - Análise de Conjuntura é uma publicação trimestral desenvolvida conjuntamente pela AEP, AIP e CIP, que contém informação detalhada da evolução da atividade económica e de outros indicadores.

Área Reservada

Eventos

Ver Todos os Eventos >>

Torne-se associado

A AEP oferece aos seus Associados uma série de vantagens nos serviços que presta.

Associe-se à AEP!

Siga-nos no Linkedin