Notícias

Ajudar as empresas rumo ao crescimento
Novo Rumo a Norte está de regresso

A 22 de outubro é apresentado online, a partir da AEP, o projeto Novo Rumo a Norte – Rumo ao Crescimento que vem dar continuidade ao Novo Rumo a Norte, desenvolvido entre 2015 e 2018, e quer dar um impulso a todas as empresas que estejam em ponto de crescimento e com planos para começar a exportar.
 
O Novo Rumo a Norte apoiou cerca de 1.000 empresas nos seus planos de negócio, nas áreas alta e média-alta tecnologia e em serviços intensivos de conhecimento, que agora estão em condições de dar o próximo passo e de gerarem mais valias para a economia. 

O Novo Rumo a Norte – Rumo ao Crescimento é promovido pela AEP - Associação Empresarial de Portugal, cofinanciado pelo Norte2020, através do Portugal 2020 e do e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. Com a duração de 18 meses, envolve um investimento de cerca de 624 mil euros e tem a primeira ação de lançamento a 22 de outubro, às 11h00, com o Seminário Rumo ao Crescimento, que marcará a apresentação do projeto e das ações a desenvolver, bem como a plataforma eletrónica – www.novorumoanorte.pt -  que vai manter esta rede em movimento.  [Veja o programa e inscreva-se

Depois de o Novo Rumo a Norte ter trabalhado o Empreendedorismo, registou-se uma procura por apoio no desenvolvimento dos negócios, revelando-se a necessidade de estar ao lado das empresas na identificação das formas de financiamento que melhor se adequam à fase de maturação dos negócios e ao modelo dos negócios que estão a seguir. A plataforma eletrónica continuará a fazer a cobertura de todas as notícias, agenda, oportunidades e publicações relativas à região Norte, estando disponíveis instrumentos e ferramentas de apoio ao tecido empresarial, nomeadamente, o acesso a informação útil e o serviço de helpdesk. 

“Na primeira fase do projeto, as entidades que constituem a rede colaborativa ficaram mais bem preparadas para serem indutoras de inovação e de cooperação entre organizações, bem como para prestar esclarecimentos no que aos mecanismos de financiamento diz respeito. No âmbito deste novo projeto, trabalharemos para fortalecer a cooperação interinstitucional; estes stakeholders - entidades de apoio ao desenvolvimento empresarial - serão chamados a contribuir com o seu know-how”, adianta o presidente da AEP, Luís Miguel Ribeiro.  “Constata-se que as principais lacunas do território são em fases posteriores de apoio ao desenvolvimento dos negócios: validação de modelo de negócio e consolidação de negócio com o propósito de escalar o mesmo. Empresas capitalizadas são geradoras de mais receita, mais emprego, mais exportações, mais inovação, mais riqueza!”, acrescenta.


 

Área Reservada

Eventos

Ver Todos os Eventos >>

Torne-se associado

A AEP oferece aos seus Associados uma série de vantagens nos serviços que presta.

Associe-se à AEP!

Redes Sociais


Siga-nos no Linkedin