AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Terça-feira, 22 de Julho de 2014.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

Feiras

Internacionalização

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Orgãos Sociais 2014-2017

Organograma

Estatutos

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Intervenções Institucionais

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

AEP Options

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business   School
Europarque
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
Visionarium
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

histórico de notícias

 

notícias 2014 

 

Envolvente Empresarial – Síntese de Conjuntura nº 2
Dez 2013 / Jan 2014

Orçamento do Estado para 2014
Considerações fiscais

 

notícias 2012 

 

Conjuntura Económica
Abril de 2012

Conjuntura Económica
Março de 2012

VII Conferência Risco País 2012
Dia 22 de Maio de 2012 - Centro Cultural de Belém (Lisboa)

Relatório Trimestral de Economia
Veja aqui a edição de fevereiro de 2012.

Conjuntura Económica
Fevereiro de 2012

Conjuntura Económica
Janeiro de 2012

 

notícias 2011 

 

Relatório Trimestral de Economia
2º Trimestre de 2011


Relatório Trimestral de Economia
Veja aqui a edição de Novembro de 2011.


Observatório CNC - Comissão de Normalização Contabilística 2011
Respostas ao Questionário até ao dia 11 de Dezembro de 2011



Conjuntura Económica
Novembro de 2011


Conjuntura Económica
Agosto e Setembro de 2011


Síntese de Conjuntura Econónica
Edição de Abril de 2011


Relatório Mensal de Economia
Veja aqui a edição de Janeiro de 2011.


Almoço-Debate «As Políticas Públicas de facilitação do acesso ao crédito por parte das empresas»
Dia 5 de Abril de 2011 – 13H00 - Restaurante Espaço - Tejo (Centro de Congressos de Lisboa - Praça das Indústrias)


aicep Portugal Global
Criação da Página Multilaterais Financeiras


Indústria recupera em 2010
O mercado externo foi o principal impulsionador da recuperação da indústria portuguesa em 2010, não obstante algum abrandamento na segunda metade do ano.

 

notícias 2010 

 

2011: ano de ajustamento
A OCDE e a Comissão Europeia apenas divergem no que diz respeito à profundidade do processo de ajustamento por que passará a economia portuguesa e aos seus custos, em termos do bem-estar económico dos portugueses.

Desequilíbrios macroeconómicos sob vigilância
G20 e União Europeia tentam evitar futuras crises

Indústria perde dinamismo no terceiro trimestre
A perda de dinamismo nas vendas da indústria teve origem no mercado nacional, mantendo-se um crescimento próximo de 18% no mercado externo.

Reformular projectos apresentados ao QREN
Não será demais alertar as empresas para, em tempo útil, aproveitarem a oportunidade para adequarem à actual conjuntura económica os projectos de investimento já apresentados no âmbito do QREN.

Aeroporto Francisco Sá Carneiro impulsiona turismo nortenho
É expectável que o número de passageiros do Aeroporto Francisco Sá Carneiro ultrapasse, já em 2010, os cinco milhões. Torna-se necessário, por isso, aumentar a sua capacidade, conforme prevê o «master plan».

Indústria recupera no primeiro trimestre
Assiste-se a uma forte recuperação da actividade industrial, com um crescimento significativo da produção e ainda mais forte das vendas, impulsionadas pela retoma da procura externa e dos preços à saída de fábrica.

Alemanha deve ajudar a estabilizar a economia europeia
A estabilidade da União Económica e Monetária está dependente da correcção dos desequilíbrios externos simétricos que se desenvolveram no seu seio.

Progressos na inovação em Portugal
As conclusões do relatório da Comissão Europeia sobre inovação são bastante animadoras, ao darem sinais de que o nosso país tem registado progressos assinaláveis em indicadores chave de inovação.

Estado passa a pagar juros de mora
Espera-se que as novas regras relativas a prazos de pagamento das entidades púbicas tenham um efeito moralizador no relacionamento comercial, não só entre empresas e Estado como no seio do sector empresarial.

Actividade industrial recupera no início de 2010
Depois de um primeiro trimestre muito negativo, a evolução da actividade industrial foi melhorando até final de 2009, reflectindo o desempenho positivo da indústria transformadora.

Microcrédito vai ter enquadramento específico
A possibilidade de constituição de sociedades especificamente vocacionadas para o microcrédito vem facilitar a actuação neste domínio de novos agentes económicos.

Política regional em análise
É necessário que as diferentes vertentes das políticas europeia e nacional convirjam no sentido de uma maior coerência com o objectivo da coesão regional

Endividamento insustentável
Recuperação da economia portuguesa terá de assentar nas exportações, na contenção do consumo (público e privado), na contenção salarial e no aumento das taxas de poupança.

 

notícias 2009 

 

Competitividade em risco
A Comissão Europeia aponta para um aumento dos custos laborais unitários acima do que se verificará na maior parte dos nossos principais parceiros comerciais, prejudicando a recuperação económica.

Indústria volta a atenuar perda no terceiro trimestre
No terceiro trimestre, a actividade industrial em Portugal evidenciou uma nova atenuação da quebra homóloga da produção e das vendas, num contexto de gradual normalização das condições de procura.

Queda do dólar prejudica retoma
Estão reunidos vários factores para que a tendência para a depreciação do dólar persista. Só os receios de uma perda papel internacional da moeda norte-americana podem conduzir a uma actuação eficaz para travar a sua queda.

Benefícios fiscais contratuais têm nova legislação
O Código Fiscal do Investimento, que estará em vigor até 31 de Dezembro de 2020, unifica e centraliza os procedimentos aplicáveis à contratualização dos benefícios fiscais.

Sinais de retoma no sector exportador
Há sinais de que a economia portuguesa está a responder positivamente e com um assinalável sincronismo a uma retoma mundial que parece estar a chegar mais cedo do que o previsto há alguns meses.

Indústria perde menos no segundo trimestre
Após um primeiro trimestre bastante negativo, a actividade industrial portuguesa diminuiu de forma menos acentuada no segundo trimestre, já a reflectir a atenuação da crise económica internacional.

Proposta nova directiva sobre atrasos de pagamento
A proposta de um novo artigo relativo aos “pagamentos por entidades públicas” é sintomática da grande preocupação que esta matéria tem assumido, também a nível comunitário.

Reabilitação urbana é “desígnio nacional”
A reabilitação urbana é um segmento de mercado onde existe procura potencial e oferta disponível, devendo ser encarado como uma prioridade. A Concreta, a grande feira portuguesa do sector da construção, entre 20 e 24 de Outubro, vai evidenciar isso mesmo.

Directiva Serviços transposta até ao final do ano
Estão em curso os trabalhos com vista à transposição para o direito interno da directiva comunitária que prevê criar, até 2010, um verdadeiro mercado interno dos serviços.

Indústria atenua perdas
Os dados mais recentes da actividade industrial mostram um acentuado agravamento das perdas no primeiro trimestre, mas já com uma atenuação significativa da contracção no mês de Março.

Despesa pública pode ser mais eficiente
No contexto actual, a necessidade de medidas anti-recessivas e o consequente aumento da despesa pública não devem fazer esquecer a importância da qualidade e da eficiência.

Criados dois novos fundos
A mobilização de recursos em prol do redimensionamento das empresas e das condições de liquidez justificaram a criação de dois novos fundos destinados às PME.

Áreas de Localização Empresarial com novo regime
O novo regime de instalação e exploração das Áreas de Localização Empresarial (ALE), vem substituir a legislação de 2003, que se revelou totalmente ineficaz nos seus propósitos.

Conjuntura justifica ajustamentos no QREN
As mudanças introduzidas dos sistemas de incentivos às empresas, no âmbito do QREN, foram justificadas pelo Governo pela necessidade de os ajustar à actual conjuntura económica.

Actividade industrial acentua quebra
Enquanto o índice de produção industrial exibiu um comportamento negativo desde o início de 2008, o índice de volume de negócios apenas começou a recuar de forma mais marcada na parte final do ano.

Programa Dimensão arranca este mês
Programa Dimensão visa a criação de condições favoráveis a movimentos de concentração, fusão e aquisição, de forma a proporcionar às empresas ganhos de escala indispensáveis à sua internacionalização.

Prioridade ao emprego
Não pondo em causa a relevância das medidas já aprovadas na defesa do emprego, é essencial ponderar alguns aspectos que poderão influenciar de forma decisiva os resultados da sua implementação.

Rating mais baixo, crédito mais difícil
No curto prazo, justificam-se medidas que possam compensar os efeitos negativos de um financiamento externo à economia portuguesa mais caro e mais escasso.

Conferência Relações Económicas Portugal / Angola - Contributo do Banco BIC e Inauguração Agência no Porto do Banco BIC Português
Dia 5 de Fevereiro de 2009 – 10H00 – Hotel Sheraton, no Porto

Actualização de 2,9% não pode ser referencial
Tendo em conta a influência sobre os salários nas empresas, a actualização salarial de 2,9% da função pública poderá causar dificuldades acrescidas nos sectores mais expostos à concorrência internacional.

Mudanças na estrutura das exportações
Embora classificado como sendo de “baixa tecnologia”, o sector dos produtos alimentares, bebidas e tabaco, tem evidenciado, sobretudo mais recentemente, um forte dinamismo.

A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt