AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - feiras

PortoJóia promove negócios e ‘design’

 

“Transformar” água em objetos preciosos é o grande desafio lançado este ano aos ‘designers’ pela PortoJóia. Entre 26 e 29 de setembro, na Exponor, a promoção da joalharia, ourivesaria e relojoaria portuguesas dá as mãos à criatividade, num evento para que foram convidados importadores, compradores e distribuidores de 11 países.


A Portojóia - Feira Internacional de Joalharia, Ourivesaria e Relojoaria atinge a 24.ª edição, a realizar na Exponor entre 26 e 29 de setembro, apostada em servir cada vez melhor as empresas e os profissionais do setor, afirmando-se como o grande encontro anual desta indústria de tantos pergaminhos entre nós.

A preocupação de melhoria constante revela-se nos pormenores, na promoção do evento e nos fatores de atratividade, como é o caso do estímulo à criatividade e o reconhecimento do valor económico do ‘design’. Por isso, uma das vertentes da feira, a que a organização dá particular relevo, é o Prémio PortoJóia Design, que conhece este ano a 9.ª edição e volta a surpreender com o tema escolhido: a água.

O objetivo é associar ao “Ano Internacional de Cooperação pela Água”, instituído pelas Nações Unidas, o estímulo à inovação e o reconhecimento da produção criativa em joalharia e ourivesaria de adorno pessoal e peças decorativas. Da autoria de estudantes de ‘design’ e formandos de cursos de ourivesaria, o melhor da produção dos novos talentos nacionais será apresentado ao público, pela primeira vez, durante o evento, que volta a ter lugar no parque de feiras e congressos de Leça da Palmeira, Matosinhos.

Tendo em conta que a PortoJóia constitui o momento do ano em que o setor conhece uma maior projeção pública, a organização está empenhada em fomentar negócios e relações comerciais entre os profissionais, apoiando assim as empresas e dando a conhecer as tendências da oferta e do consumo. Para tal, foram convidados a deslocar-se a Portugal compradores, importadores e distribuidores internacionais de referência, oriundos de 11 países (Reino Unido, Rússia, Polónia, República Checa, Alemanha, Ucrânia, Hungria, Cazaquistão, Arménia, Omã e Abu Dhabi). Além de tomarem contacto com as propostas dos expositores, os profissionais estrangeiros manterão reuniões bilaterais de negócios.

É de referir que os dados disponíveis sobre a participação dos profissionais em feiras como a PortoJóia apontam que 54% dos contactos ali efetuados acabam por traduzir-se em vendas reais.

Além disso, o certame será ocasião para várias atividades paralelas, que espelham a crescente orientação do setor na afirmação da sua competitividade através da inovação e do ‘design’. Uma dessas atividades é o Espaço Escola, que visa aproximar as escolas e centros de formação das empresas, não só através da divulgação dos respetivos programas de formação, como também pela prática, mostrando como se aplicam e cruzam técnicas ancestrais e inovadoras na fabricação de jóias de adorno pessoal e peças decorativas.

Esse é, ainda, um espaço onde diferentes entidades expõem as últimas novidades desenvolvidas pelos seus centros de investigação no domínio das soluções aplicadas à ourivesaria, à joalharia e à relojoaria.

Dirigida, sobretudo, a fabricantes, importadores, representantes e criadores da fileira, na PortoJóia poderão ser apreciadas peças de ourivesaria, joalharia, relojoaria e prata decorativa, assim como as propostas mais recentes em matéria de embalagens, maquinaria, sistemas de segurança e ‘software’ especializado.

Refira-se que a projeção crescente da PortoJóia, inclusive do ponto de vista mediático, tem vindo a ser potenciada também com a realização de iniciativas relacionadas, mas que acontecem noutras alturas do ano, o que permite antecipar e prolongar no tempo os focos de atenção dos meios de comunicação social. É o caso do próprio lançamento da feira que foi marcado, já em maio, com a organização de um desfile de moda numa discoteca de renome, no Porto, onde o ambiente festivo, o ‘glamour’ e as jóias foram os principais ingredientes.

Para mais informações sobre a PortoJóia consulte o Site.


A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt